Como parar de sabotar o sonho de costurar as suas próprias roupas?

Oi, gente! Aqui quem fala é a colunista Patrícia Cardoso. Quando a equipe da Maximus Tecidos me convidou para publicar meus textos aqui no blog falando sobre minha escolha de costurar minhas roupas, não hesitei em aceitar pois sabia que era uma boa oportunidade de me comunicar com pessoas sintonizadas com a costura, ou seja, um prazer.

 1max

Comecei então a listar temas legais para conversar com vocês mas, ao me deparar com alguns comentários na fanpage Clube da Costureira no Facebook, mudei a direção. Alguns comentários vinham com a mesma reclamação de não tenho tempo para costurar e seguiam com um mas é meu sonho, recheados de emoticons de coração 💜  Isso realmente me tocou!

Eu sei que a maioria das pessoas tem uma vida super corrida – e no tempo livre, seis mil coisas para resolver – mas também acho que não dá pra deixar o desejo de costurar as suas próprias roupas mofando nos projetos da vida, sabe? Então vamos pensar em um plano? Vamos juntas nessa?

Quer aprender mais sobre corte e costura?
Quer aprender mais sobre corte e costura?

Confira nosso guia com 7 canais imperdíveis no Youtube para costureiras
AMEI! QUERO LER

Esse plano é relativamente simples mas exige dedicação. E ele é baseado no que estou fazendo atualmente para dar conta das coisas que quero colocar em prática pois, apesar de ter tempo livre, o que faço me toma muito tempo para executar: modelagem leva tempo; piloto leva tempo; produzir um vídeo leva tempo; editar, mais tempo ainda…  um texto leva muitas revisões antes de ser publicado, ou seja, eu acabo fazendo coisas que demandam muitas horas para que fiquem prontas.

E é sobre isso que vim compartilhar aqui: como pensar em costurar as suas próprias roupas (ou outro projeto) de forma que isso aconteça e saia do papel sem que seu sonho seja atropelado pela sua vida diária.

2max_baixa

Papel e lápis em mãos!

Vamos começar a programação com a pergunta: você consegue costurar uma peça de roupa por mês? 

Se sim, pense que:

No final de um ano você terá 12 peças novas feitas por você e, em cinco anos, provavelmente todas as peças do seu armário terão sido costuradas à mão.

Animador, não?

Então fiz um mini roteiro para você colocar esse projeto em prática e ser mais uma feliz costureira (ou costureiro) a desfilar suas roupas por aí. A idéia é simples: ver o que falta, procurar tecidos adequados tocar seu projeto com a idéia de que ele dará certo 🙂

1- Pergunta investigativa: O que falta no seu armário? 

Faça um rápido levantamento de peças que você tem de menos para dar foco à elas. Pode tanto ser peças que te faltem (saias, por exemplo) ou cores pra completar as peças que vocês já tem etc. Anote tudo.

2- Tecidos (aqueles que você ama!)

Onde você mora é quente o ano inteiro ou frio demais? Você quer roupas para trabalhar ou pra curtir o final de semana? Gosta de tecidos lisos ou estampas?

A seleção de tecidos precisa estar muito próxima às roupas que você quer costurar. Então já vai anotando os seus tecidos favoritos num papel junto com as roupa que quer fazer porque essa parte vai te ajudar a criar peças mais inteligentes. Principalmente quando você enxergar que pode resolver uma “falta” no seu armário, ou seja, se tem aquela peça que não combina com nada, é um bom momento para resolver isso, não?

3- Referências (quanto mais coisas você vê, mas ideias você tem!)

Agora, com a junção das peças que você quer costurar + idéias de tecidos ou cores, faça um mural no Pinterest porque isso vai te ajudar muito! Pesquise peças similares e monte o seu mural. Digo isso porque visualizar os seus projetos dá um gás muito grande e o mural vai ter esse papel: te motivar a continuar!

pint

Depois que você definiu a base do seu projeto, é hora de:

Procurar os moldes: podem ser moldes de revista ou você pode criar os seus. Tenho algumas sugestões de moldes online para vocês: Colette Pattems e Burdastyle.

Comprar alguns tecidos: e eu sugiro inicialmente comprar um ou dois apenas – não todos –  pois com o tempo você vai se identificando mais com  uma matéria prima do que com outra. Fora que é uma delícia voltar na loja de tecidos  no decorrer do ano e ver as novas opções de cores e estampas 🙂

Escolher um dia na semana para se dedicar ao projeto:  As noites de quinta feira estão livres? Ou as manhãs de domingo? Escolha seu melhor dia livre e use-o como um compromisso sério entre você e seu sonho. Essa é uma das partes mais importantes porque ter um dia para costurar será a “gasolina” das suas costuras.

Agora, tendo um dia reservado, o projeto estruturado e as idéias em mãos, é hora de produzir. Sugiro começar com as peças mais simples possíveis e ir avançando com as peças mais elaboradas. No meu canal do Youtube há vários tutoriais com dicas de acabamentos, vídeos para iniciantes ou mesmo ensino peças inteiras dando várias explicações no decorrer do vídeo.

3maxleves

Quer idéias para começar? Regatas, saia evasê ou camisetinhas sem muitos detalhes na modelagem são as peças mais fáceis para começar. Aqui tem um molde gratuito de uma “regatinha” super fácil com muitos tamanhos.

Outra coisa que gostaria de sugerir é: caso não queira costurar apenas peças de roupas, pense em acessórios ou itens de decoração para começar seu projeto.  Se você não tem muita prática com a máquina, projetos mais simples que roupas te darão embasamento para ir avançando aos poucos. 

724430c5-5ed7-4c6e-aa0d-bcd8ec627330

Da esquerda para a direita: necessaire e almofada que podem ser bons itens para começar a costurar. E, por fim, o modelo de regatinha simples de ser confeccionado

Se você gostou desse projeto de costura à médio prazo (12 meses), pode incluir presentes em alguns meses e esses presentes/peças mais simples serão ótimos para treinar a costura. Tenho certeza que você se sentirá mais confiante quando trabalhar com um tecido super leve depois de ter costurado outros tantos projetos em tecidos mais encorpados. Até o corte melhora!

4leve

E aí, vamos lá? Vamos selecionar 12 projetos para costurar as suas próprias roupas nos próximos doze meses e assim, começar a fazer seu guarda-roupa? Aliás, não fique com medo ou com a ideia de que você poderá se frustrar porque alguma costura ficará feia ou algum projeto pode dar errado. Entrar nessa “bad trip” só faz você perder tempo de evoluir e gastar energia com bobagem. A costura boa vem com o tempo e ela exige cuidado e carinho e se você quer costurar suas roupas, deve ter carinho de sobra.

Quer conversar mais? Estou sempre por aqui 😉

Boas costuras,
Patricia Cardoso.

Quer aprender mais sobre corte e costura?
Quer aprender mais sobre corte e costura?

Confira nosso guia com 7 canais imperdíveis no Youtube para costureiras
AMEI! QUERO LER

"Se você também respira moda, sonha com moda ou vive disso, converse com a gente! Juntos podemos desenhar novas ideias.Queremos saber das suas experiências e opiniões. E o que mais você gostaria de encontrar por aqui?"

  • Ívia Alves

    Amei o post Patrícia! Quero muito fazer isso, tenho murais no Pinterest, ganhei uma máquina doméstica de meu esposo há quase 2 anos, mas até então fiz somente uma saia godê 🙈, que é inclusive muito elogiada quando visto 😍 e alguns poucos consertos! Assisto o seu canal e você é uma inspiração! Às vezes reluto em pôr em prática esse projeto por estar abaixo do peso, mas quer saber? Vou encarar assim mesmo! Bjsss

    • patriciac

      Ívia, encara, mulher! Tenho certeza que se vc organizar seu projeto de costura, ele irá andar com muito mais força e logo logo essa saia terá muitas parceiras pra passear por aí hehehe. Beijo!

  • Ivana Leal

    Vou começar esse projeto! Que tal criarmos uma HASHTAG para o Instagram? O que vcs sugerem?

    • patriciac

      AMARIA! Mas qual seria?
      Tô pensando aqui..

  • Sylvia Vasconcelos

    Ótimas dicas, Patrícia. Comigo rolou bem assim e tem funcionado. Só que, no meu caso, ainda consigo reservar uma horinha todo dia. E uma boa lição que tenho tirado disso é a questão da satisfação pessoal que, para mim, é ouro.

    • patriciac

      Que legal, Sylvia.
      É muito legal ver que as coisas que fazemos traz mais satisfação do que as que compramos, ne? beijo!

  • Elaine Arcibelli

    Patricia…. nossa, obrigada por seu texto.
    Eu estou iniciando meu “sonho”… me matriculei num curso há 2 meses… infelizmente tive que faltar a duas aulas… mas não vou desistir.
    Achei o máximo seu texto falando que alguma costura ficará feia e isso não é motivo pra entrar numa “bad trip”… foi justamente o que me aconteceu… a terceira peça do curso foi uma regata… eu não gostei do resultado, fiquei super chateada… eu escolhi o cetim para fzr… e não tive muito suporte da professora… não estou criticando ela… mas ela não falou … “ah, é assim mesmo… isso acontece… ” e qdo li o seu texto, pensei… oh, não é só comigo.
    Obrigada! Vou estar sempre por aqui.

    • patriciac

      Pois é Elaine, não entre nessa bad não.
      Faça outra que vc verá que ficará muito melhor. As primeiras peças acabam sendo “testes” e a gente melhora com a prática.
      Boas costuras, viu! Bj

  • Leandro Ramos

    Ótimo post. Quero muito aprender a fazer bermudas, calças e camisas pra mim e pro meu filho. Dá pra fazer com uma máquina caseira (Elna Sew Fun)?

    • Camila Sayuri Nishida

      Olá, Leandro! Tudo bem?
      Sou a Camila, da Maximus Tecidos Finos 🙂
      Essa máquina que você sugeriu é ideal para iniciar essa arte linda que é a costura <3 Então dá sim! É só se jogar e arrasar nas peças 😉

      • Leandro Ramos

        Obrigado, Camila 🙂
        Sim, vou me jogar nisso. Acabei de fazer três aventais com viés para treinar o que peguei na última aula, agora vou tentar uma bermuda pro meu filho com um tecido baratinho pra ir testando. Valeu 🙂

  • Mariana Santana

    Oi 🙋 estou começando a costurar agora, mas sempre gostei desde criança, minha mãe era costureira rs. Atualmente façço blusas simples e transformo calças em saias tudo na mão quero comprar uma maquina simples mesmo, poderia fazer videos de pontos com costura a mão? Obrigada pelas dicas um beijo 😚

    • patriciac

      Oi Mariana,
      UAU, eu nunca fiz nenhum, ne? Vou pensar em algo.
      Ou pelo menos acabamentos à mão, acho que já ajuda bastante.

      beijo,
      Pat

  • Gomes Cileide

    Amei as dicas, dava meio enrolada mesmo, tem hora que não consigo sair do canto,chega dá um desanimo, mas vou tentar fazer essa programação. Sempre assisto no YouTube, Bjs Patrícia, meu nome é Cileide😘

    • patriciac

      OI Cleide,
      Mulher, tente pensar que o tempo enrolando no sofá é o tempo que está matando seu sonho. Tenho certeza que vc estará muito mais satisfeita com as roupas costuradas. Beijo e boas costuras =)

  • Rafaella Tolesani Pereira

    Gostei muito da sua atitude atenção e ideias! Glórias a Deus por sua vida!