3 motivos para costurar suas roupas apenas na máquina doméstica


3
192 compartilhadas, 3 points

Oi gente boa do Clube da Costureira! Que tal um desafio? Você acreditaria se eu dissesse que esse vestido de festa da foto abaixo, foi feito apenas na máquina doméstica?

Maximus Tecidos Clube da Costureira 600x300

Pois foi! E eu, Fernanda Herthel, costureira, modelista e bordadeira, te convido a fazer um igualzinho para você. Não precisa de overloque, nem mesmo de ziguezague. Dá para costurar tudinho com a máquina reta mais simples que você tiver aí na sua casa. E eu garanto que o vestido ficará com os acabamentos perfeitos, tanto por fora quanto por dentro. Sem nenhuma ponta de linha fora do lugar, sem margem de tecido desfiando!

Não acredita? Pois em 3 tópicos eu vou quebrar esse mito de que máquina doméstica não costura roupa elaborada. Vamos lá:

1 – Conhecimento técnico de costura vale mais do que máquinas elaboradas

Lá no canal, muitas costureiras iniciantes me perguntam sobre qual máquina comprar. Essa é uma das maiores dúvidas das aspirantes a costureiras. E tudo fica ainda mais confuso devido a grande diversidade de maquinários disponíveis nas lojas. Máquinas industriais, domésticas, eletrônicas, com pontos decorativos ou não, com caseado de botão, com pontos elásticos, com motor mais ou menos robusto… Fica difícil escolher!! Mas quando eu digo que para fazer roupas, só precisamos mesmo é de uma máquina que faça costura reta, a maioria das pessoas não acredita!!

Como eu disse, conhecimento técnico de costura é mais importante do que uma máquina cheia de funcionalidades. Por exemplo, se sabemos fazer uma costura francesa ou inglesa, não precisamos de overloque e nem ziguezague, pois elas ‘escondem’ as margens de corte totalmente. E juro que com esses tipos de costura, nossas roupas ficam muito mais bonitas! Sendo assim, a costura reta já é mais do que suficiente para costurarmos nossas roupas com agilidade.

Lembrando que logicamente, dispor de uma máquina mesmo que doméstica, que venha com pontos flexíveis, caseado automático e muito mais, não faz mal a ninguém, né? Entretanto, é superficial dizer que precisamos de tudo isso para costurar roupas lindas. De certo, certo mesmo… Precisamos é de profundidade técnica em costura, isso sim!

Foto: Pinterest.

2 – Existem diversos tipos de calcadores para máquina doméstica

Se tem uma coisa que facilita a vida de uma costureira, são os populares ‘pezinhos da máquina’. Existem dezenas deles. Para zíper invisível, zíper comum, franzido, caseado, botão, couro, bainha de lenço, viés, tem até calcador para pregar pedrarias… São muitos, sempre úteis, baratos e fáceis de encontrar.

Se você passa algum perrengue ao costurar determinado detalhe em suas roupas, é provável que você esteja sofrendo por falta de calcador. Muitas costureiras desconhecem o poder dos calcadores e por isso argumentam que costurar em máquina doméstica é algo limitado. Mas, não. Outra vez, pode ser falta de conhecimento.

Maximus Tecidos Clube da Costureira 600x300
Foto: Pinterest.

3 – Saber costurar à mão, é um poder

Não desprezem a habilidade técnica de costurar à mão. Com os devidos conhecimentos nesta área, podemos fazer casas de botão à mão, pespontos perfeitos e claro, até costurar uma peça inteirinha na mão. Tem que ser muito fera para costurar uma peça assim. Imagina o orgulho!

Mas independente disso, costurar à mão traz segurança do aprendizado, nos faz sentir e decorar o caimento dos tecidos, por ser uma atividade mais lenta muitas vezes nos permite memorizar processos complexos, como a costura de um zíper com braguilha, por exemplo. Logo, é um conhecimento que agregado ao uso da máquina doméstica, nos possibilita costurar com infinitamente mais excelência do que se tivéssemos diversas máquinas industriais ou tecnológicas.

Foto: Pinterest.

Será que te convenci? Pois se ainda não, assista ao tutorial de costura deste vestido na íntegra, lá no meu canal. Em uma aula de 15 minutos, te mostrarei como solucionar problemas com arremate em tule, como fazer as costuras que montam as camadas das saias com avesso perfeito, costura da cauda em nesga, bainha, aselhas e muito mais! Tudo em um tutorial bem explicado que te fará sentir apta e segura, para costurar um vestido igualzinho a este aí na sua casa.

E como eu gosto de fazer o serviço completo, ainda disponibilizei o tutorial de modelagem do vestido, também. Interpretando o modelo deste vestido desde o decote em ‘V’ com cobertura, até a saia com modelagem meio sereia, meio evasê e ainda, a modelagem do volume da nesga que forma a cauda do vestido.

E para fazer seu vestido brilhar, preparei ainda uma verdadeira aula de bordado de pedrarias! Um conteúdo raro de encontrar na internet, mostrando em todos os detalhes um bordado em vestido de festa. Desde como interpretar a renda, arremates perfeitos, que linha usar, pontos inéditos, como recortar a renda com ferro de solda e como aplicar tudo na peça.

Espero que tenham gostado da reflexão deste post sobre o uso da máquina doméstica e também dos tutoriais que são as provas mais honestas de que fazer roupas lindas na máquina de casa, é totalmente possível!!

Clique aqui e confira meu post com um guia para saber como cobrar pelos seus bordados e costuras para lucrar mais!

Um grande beijo e até o próximo encontro.

Fernanda Herthel.


Gostou? Compartilhe com seus amigos!

3
192 compartilhadas, 3 points

O que você achou desse post?

Não Gostei Não Gostei
0
Não Gostei
Confuso Confuso
0
Confuso
Engraçado Engraçado
0
Engraçado
Amei Amei
5
Amei
Incrível Incrível
2
Incrível
O Melhor O Melhor
1
O Melhor
Fernanda Herthel

Muito prazer, sou a Fernanda Herthel e tenho 27 anos! Atualmente moro em Santiago, no Rio Grande do Sul, apesar de ser carioca da gema. Amo moda, principalmente a parte de bordados! Comecei a trabalhar nessa área na adolescência e fico, a cada dia, mais fascinada pelo universo dos tecidos e pedrarias. Tenho um canal no Youtube, onde compartilho meus conhecimentos sobre bordado e costura e faço parte do time de colunistas do blog Clube da Costureira.

0 Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escolha um formato
Postagem
Compartilhe imagens com textos do seu trabalho.
Vídeo
Compartilhe o vídeo do seu trabalho.
Imagem
Compartilhe o recebimento do seu tecido ou suas criações.