Você conhece a técnica de moulage chamada Bourrage?


49
878 compartilhadas, 49 points

Olá pessoal, aqui é a Francys Saleh, expert de moulage oficial da Maximus Tecidos e no post de hoje vou falar de uma técnica muito usada na moulage chamada “Bourrage“.

Essa dúvida é comum entre quem está pesquisando um manequim para comprar e quer saber como faz para adaptar as medidas do manequim para o seu corpo ou o corpo da cliente.

E olha só, eu tenho uma boa notícia: você não precisa ter uma grade inteira de manequins no seu ateliê, você pode adaptar o corpo da cliente utilizando a técnica de bourrage.

Atelier Chanel – Paris / Créditos: Pinterest

A bourrage é muito utilizada na moulage, inclusive os ateliês de Alta Costura utilizam essa técnica para adaptar o manequim ao corpo da cliente. Aliás as clientes fiéis desses lugares, mantém um manequim exclusivo com suas medidas e com seu nome, alfinetado no manequim, deste modo sempre que precisam de um look novo, não precisam se deslocar para Paris para fazerem as provas, pois o manequim está ali, adequado ao seu tamanho. Imaginem que legal trabalhar assim?

E sabem de onde surgiu esse nome?

Na moulage francesa utilizamos o nome original da técnica, que tem origem no verbo “bourrer” e significa encher, portanto a bourrage é o “enchimento” que fazemos no manequim para adapta-lo ao corpo.

A bourrage é uma etapa de extrema importância no processo de construção de uma roupa através da técnica de moulage, pois na maior parte das vezes pessoas reais não possuem as mesmas medidas que o manequim. Por melhor que o manequim seja, às vezes a cliente tem uma saliência no abdômen, o quadril avantajado, próteses de silicone, ou até escoliose, enfim, qualquer que seja a adaptação necessária, podemos sim fazer no manequim através da bourrage.

Manequim com bourrage no Atelier de Stephane Rolland – Paris / Créditos: Pinterest

Um outro nicho que se beneficia com esta técnica é o público plus size, pois nem sempre seguem uma padronização de medidas, pois cada corpo é diferente e com esta técnica você pode atender de forma personalizada sua cliente.

Ah, gestantes também entram nesta lista! Inclusive é um nicho que é esquecido e que sofrem quando precisam de uma roupa com um bom corte.

Bom, você deve estar se perguntando, como são feitos esses enchimentos, certo?

Os materiais são super simples e você consegue facilmente, inclusive aqui no site da Maximus, eu sempre recomendo as alunas experimentarem materiais diversos como diferentes tipos de manta acrílica, ombreiras de feltro e também de fibras.

E caso a adaptação do manequim seja feita para você, ou seja, é uma adaptação definitiva, você pode dar o acabamento costurando uma blusa em malha ou algodão cru.

Manequins com bourrage no Atelier Chanel – Paris / Créditos: Pinterest

Além das correções e adaptações, você pode usar a técnica para aumentar a grade do seu manequim. Supondo que precisa fazer uma peça tamanho 44 em um manequim tamanho 40, com alguns enchimentos posicionados nos lugares estratégicos, você consegue facilmente esta adaptação.

Vou listar aqui algumas adaptações bem comuns que são utilizadas:

  • Simulação de culote com ombreiras de feltro
  • Simulação de saliência na região do abdômen com ombreiras de feltro
  • Simulação de gestação com ombreiras de feltro
  • Simulação de aumento de busto com bojo e ombreira de feltro
  • Simulação de corpo endomorfo com manta acrílica.

Muitos alunos também utilizam esse recurso quando não tem o manequim correto para a técnica, então eles fazem um estofamento com manta acrílica.

E então, vocês conheciam essa técnica? Já utilizavam ou é novidade? Comente aqui!

Você também pode adquirir um manequim lindo com design vintage assinado pela Maximus Tecidos no site da Draft Manequins: clique aqui!

Beijos e até o próximo post!


Gostou? Compartilhe com seus amigos!

49
878 compartilhadas, 49 points

O que você achou desse post?

Não Gostei Não Gostei
6
Não Gostei
Confuso Confuso
10
Confuso
Engraçado Engraçado
5
Engraçado
Amei Amei
146
Amei
Incrível Incrível
54
Incrível
O Melhor O Melhor
15
O Melhor
Francys Saleh

Oi pessoal, tudo bem? Eu sou a Francys, atuo como professora em cursos de graduação há 10 anos e tenho várias paixões no mundo da moda, duas delas vou compartilhar aqui com vocês que é a moulage e os livros de moda. Também sou apaixonada pelas mídias então reuni esses interesses no perfil @livrosdemoda e também do canal no FrancysSaleh.com no YouTube.

23 Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Amei Francys!! Estava interessada nessa técnica depois que vc falou sobre ele no seu tutorial no YouTube!! Estava aguardando ansiosamente por este post!! Obrigada por compartilhar essa técnica conosco!! Grande beijo!!

        1. Olá Lara! Tudo bem? Recomendamos os manequins DRAFT. Você pode comprar diretamente no site deles, pois nós não vendemos no site da Maximus Tecidos. A DRAFT é a empresa mais tradicional, pioneira no Brasil nesse segmento e reconhecida internacionalmente pela qualidade de seus produtos. Vamos deixar aqui o link do nosso manequim no site deles, porém eles possuem vários modelos de manequim, inclusive com valores muito mais acessíveis que esse modelo assinado pela Maximus. O nosso manequim possui valor mais alto por ser uma peço premium, com design vintage, com ar decorativo e exclusivo: https://www.draftmanequins.com.br/product-page/manequim-linha-maximus-by-draft-manequins

  2. Boa Noite Elaine, estou inclinada a adquirir um manequim Kraft, meu atual manequim, está mais para 46, com inclinações para 48. Minha média de peso é 74, Atualmente estou pensando 77. Estou aventurando em alargar minhas roupas. O manequim de minha filha é nora 40 nora, seus grandes, filha 40 variando 42. Pois quero um maquequim em que possa flutuar com essas medidas.

  3. Eu ja faço isso a muito tempo, porém não sabia o nome da técnica.
    Ajuda muito, principalmente pra quem tem o manequim fora do padrão “normal”.

Escolha um formato
Postagem
Compartilhe imagens com textos do seu trabalho.
Vídeo
Compartilhe o vídeo do seu trabalho.
Imagem
Compartilhe o recebimento do seu tecido ou suas criações.