11 dicas de Marlene Mukai para dominar a confecção de vestidos de festa


3
14.7k compartilhadas, 3 points

Vestidos de festa elegantes começam com a escolha do modelo e do tecido. Os dois precisam combinar. E o modelo também precisa ser adequado ao tipo de corpo, idade e ocasião. Hoje a moda está mais eclética. Pode-se usar de tudo, desde, é claro, que combine, que fique harmonioso com seu biotipo. Um vestido de festa precisa ser elegante, atraente e bem acabado, feito com tecidos nobres. Não precisa ser extremamente caro, mas é imprescindível que seja elegante, bonito e que valorize você.

Escolha o vestido observando seu tipo de corpo, o corte que te favorece, o tecido certo para o modelo escolhido e a cor que lhe cai melhor. Procure um vestido que te faça se sentir bem consigo mesma e com o espelho. Aliás, o espelho é sem dúvida seu melhor amigo. O mais sincero. Aprenda a observar seu corpo e o que lhe cai melhor.

Precisa também escolher um bom sutiã que vá valorizar seu busto e colocá-lo no lugar. Para as cheinhas, um bom modelador ajuda a deixar o vestido mais assentado e elegante, além de corrigir a postura.

Embora a moda classifique o corpo da mulher em 5 tipos (ampulheta, triângulo invertido, pêra, retângulo e oval), nós sabemos que há muito mais variedade. Uma mulher pode ser ampulheta, mas ter barriga saliente e lordose, bumbum cheio ou reto, muito ou pouco seio, cochas grossas ou canelas finas.

Estes são os 5 principais biótipos femininos.

Escolher o modelo certo pra cada tipo de corpo não é tarefa fácil, mas também não é impossível!

Vou te ajudar em alguns detalhes que fazem a diferença:

1. OMBROS LARGOS

Para não ressaltar os ombros largos, evite usar vestidos com decote ombro a ombro, ciganinha ou cava americana. Estes modelos acentuam ainda mais os ombros.

Saias amplas, evasê ou godê equilibram as proporções. Saias com aplicação de rendas ou babados favorecem muito o corpo.

Pode usar um tomara que caia desde que não tenha busto muito pequeno e o corpo seja estruturado. Nada de tomara que caia com elástico.

Prefira vestidos com manga curta ou comprida. Há muitos modelos com manga e colo rendados parcialmente transparentes que podem ajudar a equilibrar os ombros. Se gostar de brilho e rendas bordadas, use na saia do vestido deixando o corpo liso.

As transparências na região do colo ajudam a equilibrar as proporções do corpo.

2. OMBROS ESTREITOS

Mulheres com ombros estreitos devem evitar vestidos tomara que caia.

Vestidos com cava americana, nadador ou transparências escuras, bordados ou rendados nos ombros ficam muito bem, pois disfarçam os ombros estreitos.

A intenção dos detalhes nos ombros é para destacar esta região.

3. QUADRIS GRANDES

Mulheres com quadril grande não devem usar vestidos muito justos. Ficam bem com modelos com cavas americanas, tomara que caia, ombro a ombro ou frente única. Prefira vestidos com saia evasê em A, reta ou sereia não muito afunilado nas cochas. Podem usar tecidos firmes ou fluídos desde que estes últimos sejam em saias amplas.

Pode abusar do drapeado, brilhos e apliques no corpo do vestido, optando por uma saia mais lisa.

Vestidos justos tendem acentuar o bumbum. Brilho somente na parte de cima do vestido, pois nos quadris, aumenta. Rendas e bordados no corpo do vestido e liso na saia ajudam a equilibrar melhor o corpo.

Caso não abra mão do justinho, prefira aqueles com comprimento médio ou longo e coloque brilho ou renda bordada no corpo deixando a saia lisa. Cores escuras ajudam a dar elegância ao vestido.

O vestido ideal para quem tem quadril mais largo é aquele que não fica justo ao corpo.

4. QUADRIL ESTREITO

Vestidos evasê amplo, godês com saias esvoaçantes, franzidas ou estruturadas ajudam a equilibrar. Evite vestidos justos ou sereia.

Pode abusar do brilho, rendas e bordados na saia.

Saias com cores claras, estampas ou rendas vão te favorecer mais.

O efeito de volume na parte de baixo do corpo deixa o visual mais equilibrado.

5. POUCA CINTURA

Para quem tem pouca cintura, vestidos acinturados com saia ampla e decote “V” equilibram bem o visual.

Se tiver barriga saliente, evite o godê e escolha os vestidos evasê estruturados, feitos com tecidos mais firmes como o cetim italiano, cetim bucol, zibeline… Marque a cintura com faixas e evite tubinhos ou justos que irão deixar seu corpo mais reto ainda.

Se quiser usar brilho, coloque apenas em detalhes nos ombros, mangas ou barra do vestido. O mesmo vale para rendas e bordados. Use na parte superior do corpo e barra do vestido, deixando a região da cintura lisa, arrematando com uma faixa ou cinto.

Vestidos ombro a ombro e tomara que caia caem bem.

Prefira modelos que irão “criar” uma cintura.

6. MULHERES PEQUENAS

Ficam bem em vestidos com cintura alta, sem faixas ou cinto, de uma só cor para alongar. Modelos sereia ou com saias retas, com fendas e decote “V” alongam a silhueta. Evite ombros a mostra, tomara que caia e comprimento midi ou micro.

Se for usar cinto ou faixas para marcar a cintura, prefira os estreitos de no máximo 4 cm.

Detalhes na vertical são ótimos para alongar a silhueta.

7. MULHERES ALTAS

Podem abusar do comprimento midi, curto ou compridos com corpo liso e saia florida. Podem mesclar as cores e usar saias amplas ou godê.

Podem colocar faixas na cintura mais largas, mas não mais que 10 cm. E faixas largas pedem um drapeado com pregas na horizontal.

Vestidos tomara que caia, de um ombro só, com decote ombro a ombro ou alcinhas finas caem muito bem em mulheres altas.

As mulheres mais altas podem ousar na mistura de cores e bordados.

8. BUSTO GRANDE

Fuja dos brilhos na região do busto, pois tecidos brilhantes aumentam o volume dos seios. Evite modelos com cava americana ou muito fechados no busto. Ao contrário do que se pensa, roupas com gola alta, fechados demais, acentuam os seios grandes tornando-os maiores. Jamais use drapeados, babados ou qualquer volume na região dos seios.

Prefira os modelos com decote “V”, em “U”, quadrados, transpassado e ombro a ombro. Corpo do vestido com recorte princesa ajusta melhor o busto, evitando papos nas cavas.  Prefira tecidos mais neutros ou escuros, mas de cor lisa na região do busto.

Estampas, brilho e rendas ficam melhor na parte de baixo. Tecidos mais grossos ajudam a estruturar o corpo na hora de fazer um corpete.

Ficam muito bem vestidos transpassados ou envelope com um leve drapeado na lateral da cintura (não em cima dos seios). Este modelo afina a cintura e divide o busto, dando aparência de serem menores. Vestidos tomara que caia podem ser usados se você tiver braços e costas magras. Do contrário, podem te deixar com aparência mais cheinha.

E escolha um sutiã que estruture seu busto e o coloque no lugar. Um sutiã errado pode deixar seus seios achatados e com gordurinhas extras. Sutiã pequeno demais deixa os seios parecendo que vão explodir. Escolha sutiã de alças mais grossas e laterais mais largas que coloquem seus seios para frente e os deixe firmes no lugar.

Um vestido princesa, de cor lisa e com destaque na região dos ombros, perfeito para quem tem bastante volume no busto.

9. BUSTO PEQUENO

Para quem tem pouco busto, use vestidos com o corpo drapeado, brilho ou bordados na região do busto. Se quiser um vestido com corpo estruturado, faça-o com bojo. Rendas com brilho no corpo e saias lisas favorecem este tipo de corpo.

Pode usar e abusar de cores claras, bordados e estampas no corpo. Vestidos com babados, jabôs, franzidos, pregas e laços no decote favorecem quem tem pouco seio. Vestidos com golas altas, cava americana e drapeado no decote vestem bem quem tem pouco seio. Vestidos com bojo ajudam muito a disfarçar os seios pequenos e conferem elegância, dando um aspecto mais arrumado.

Caso não tenha bojo, escolha colocar por baixo um sutiã com bojo que estruture seus seios e os valorize como os push up.

Para quem tem pouco seio, o truque é escolher modelos que tenham bordados e pedrarias que criam volume nesta região do corpo.

10. PLUS SIZE

Em primeiro lugar escolha o que vai por baixo do vestido. Um modelador ajuda a esconder as gordurinhas e modelar o corpo. Um sutiã com alças e laterais largas vai manter os seios no lugar. Precisa ser bem estruturado.

Não use vestidos com tecidos e modelos que marcam muito o corpo para não acentuar o que deseja disfarçar. Um vestido justo ao corpo até pode se você for uma gordinha com todas as partes do corpo proporcionais e sem barriga e usar um bom modelador por baixo.

Brilho, brocado e estampas podem ser usados, no lugar certo, pois costumam aumentar o volume do corpo. Pode vir em detalhes e não em toda a peça. Pode-se colocar o brilho na vertical ou diagonal do vestido para alongar a silhueta.

Modelos de vestidos como o império que descem acinturando abaixo do seio e abrindo feito com tecido fluído fica muito bem. Vestidos evasê sem pregas, com corte em A favorecem bastante as cheinhas. Godês até podem ser usados por aquelas que não tenham barriga saliente. Prefira aqueles cuja saia caia com mais fluidez, sem muita roda.

Vestidos com manga e colo com transparência e aplique de rendas ajudam a disfarçar os braços muito cheinhos. Vestidos com decote em V e de uma cor só ou estampas claras e miúdas favorecem também. Tomara que caia para gordinhas só se for muito bem estruturados e para quem não tem muitos pneuzinhos na região das axilas e braços grossos.

Acinturar o vestido com faixas e cintos estreitos da mesma cor do vestido vai valorizar seu corpo. Se você for alta, pode colocar uma faixa até 10 cm, mas se for baixinha, no máximo 4 cm. Mas cuidado, se tiver barriga saliente, fuja das faixas, pois elas podem escorregar e subir, deixando a barriga com aparência de grávida. E sempre coloque uma cinta modeladora, caso contrário a faixa vai te deixar parecendo um colchão amarrado no meio.

Vestidos acinturados e mais soltos ao corpo são sempre ideais para equilibrar as proporções de quem tem as medidas plus size.

11. MANTENHA O EQUILÍBRIO 

Toda mulher, por mais perfeita que pareça, tem algo que deseja esconder ou disfarçar. Brilho na região da barriga tendem a dar volume nesta região. Cores diferentes no corpo e na saia tendem a achatar a silhueta. Drapeados no busto tendem a deixá-los maior. Cava americana, nadador ou ombro a ombro tendem a aumentar os ombros. Muitos babados nos quadris, tendem a aumentá-los. Vestidos muito justos, curtos demais, com decotes exagerados e fendas muito profundas tendem a dar uma aparência muito vulgar.

Não misture tudo em uma só peça. Um decote exagerado pede uma saia mais discreta, sereia ou ampla. Uma fenda mostrando as pernas pede um corpo mais discreto. Um vestido muito justo pede um comprimento médio ou até os joelhos. Se for longo, precisa de uma fenda para não impedir os movimentos.

Estampas grandes ou vivas tendem a aumentar as proporções e cores neutras ou escuras tendem a diminuir. Outras cores que aumentam o volume do corpo (engordam) é o branco e o vermelho. Rendas e bordados valorizam um vestido, mas precisam ser colocados de forma a favorecer seu corpo, pois se comportam como estampas. Se os bordados e rendas forem aplicadas, na mesma tonalidade do vestido, juntinhas como se fizesse parte do tecido, valorizam e concedem elegância e beleza ao vestido. Tecidos fluídos como o crepe georgette, chiffon e musseline dão leveza a saia. Tecidos mais firmes como cetim italiano, cetim bucol, tafetá ou zibeline deixam a saia mais armada. Para um corpo estruturado como um corpet, tecidos mais grossos, entretelados e com barbatanas são necessários para ajudar a deixar os seios no lugar e a coluna aprumada.

Lembre-se que seu melhor amigo é o espelho. Faça as pazes com ele!

Escolha um modelo que equilibre o visual. Se a parte de cima é cheia de bordados e pedrarias, a parte de baixo fica melhor lisa.

Você sabia que meu livro de modelagem já está disponível no site da Maximus Tecidos? Adquira já o seu! Aproveite para conferir os meus moldes também. Logo mais estaremos lançando os moldes para vestidos de festa!

Livro de Modelagem Prática Marlene Mukai

Moldes Marlene Mukai


Gostou? Compartilhe com seus amigos!

3
14.7k compartilhadas, 3 points

O que você achou desse post?

Não Gostei Não Gostei
0
Não Gostei
Confuso Confuso
0
Confuso
Engraçado Engraçado
0
Engraçado
Amei Amei
2
Amei
Incrível Incrível
3
Incrível
O Melhor O Melhor
4
O Melhor
Marlene Mukai

Me chamo Marlene Mukai. Formada em História e Geografia. Lecionei por 20 anos. Abandonei a carreira de professora para abrir minha própria loja e confecção de roupas. Costuro desde criança. O primeiro método que estudei foi um método misto alemão na Escola das Irmãs Sacramentinas em Minas Gerais aos 13 anos. Aprendi técnicas de costura com minha mãe, que já era costureira e fazia roupas sob medidas. Em São Paulo aprendi outros métodos como a alfaiataria Italiana, Inglesa, Francesa e o Método Coreano. Quando abri minha confecção percebi a necessidade de simplificar a modelagem para agilizar a produção. Pesquisei outros métodos e desenvolvi o meu próprio método. Tenho dois livros editados, Modelagem Prática para confecção de roupas e Modelagem Prática especial malhas. Este ano lançarei meu terceiro livro, Especial Acabamentos. Também tenho um canal no youtube com vídeo aulas de modelagem e acabamento.

10 Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Ainda comprarei seu livro Marlene,estou iniciando na costura e sempre assisto seus vídeos,aliás,preguei meu primeiro zíper seguindo seu vídeo,ficou certidão,muito obrigada

  2. Adoro a Marlene, salvo Td q vejo dela, tenho 2 cursos técnicos em modelagem, e sempre temos a aprender mais. Só acho q na dica do plus size, deveria ter uma imagem com uma mulher plus size, e não uma magrinha, para termos uma referencia . Eu sinto muita dificuldade em achar, vestidos plus size na internet.

  3. Que aprender a Costurar? A Maximus Tecidos acaba de lançar um Curso de Costura Online super completo, com mais de 160 aulas. As alunas tem 5 anos de acesso as aulas, suporte por WhatsApp para dúvidas diretamente com a Estilista e Professora Nea Santtana e Certificado de Costureira Profissional ao concluir todas as aulas, Clique no link para saber todos os detalhes, conteúdo das aulas, garantia e como fazer sua matrícula: https://materiais.maximustecidos.com.br/curso-de-costura-online-costura-de-sucesso-nea-santtana

  4. Muito bom adorei as dicas …. O conhecimento é tudo ,hj aprendi mais um pouquinho gratidão Marlene Mukai.
    Atraves do teu canal descobri a Maximus Tecidos e hj faço o curso Estilista de Fato com o Prof. Valmir Pazeto e o curso Costura de Sucesso com a prof. Nea Santana. Parabens a toda Equipe….

Escolha um formato
Postagem
Compartilhe imagens com textos do seu trabalho.
Vídeo
Compartilhe o vídeo do seu trabalho.
Imagem
Compartilhe o recebimento do seu tecido ou suas criações.