4 Dicas de ouro para empreender na costura por Diana Demarchi


9
7.1k compartilhadas, 9 points

Olá meus amigos, me chamo Diana Demarchi e a partir de hoje faço parte do time de colunistas do Clube da Costureira!

Larguei um emprego público de 11 anos para viver da costura, e desde lá, divido minhas conquistas e aprendizados em meu canal no Youtube e blog.

Gosto sempre de incentivar quem está no começo a sair da zona de conforto, buscar novos desafios e ser um pouco mais ousado em seus planos. Por isso, hoje trouxe um assunto que é de muita importância para quem sonha em montar um negócio próprio: dicas para empreender.

PARA EMPREENDER NA COSTURA COM SUCESSO:

Quando você começar a pensar em empreender, deve montar um plano sólido para que não se perca no caminho. É sempre importante você definir o ponto de partida do seu empreendimento e onde você deseja chegar com ele. E o mais importante de tudo, como você vai fazer para chegar lá.

Algumas ações podem guiar esse caminho, e aqui vou listar quatro delas, pensando no corte e costura, nas muitas mensagens que recebo de gente que quer começar um empreendimento e principalmente na experiência que adquiri nesses três anos de Escola de Costurar.

1. ESCOLHA UM NICHO PARA EMPREENDER NA COSTURA

Maximus Tecidos Clube da Costureia empreender na costura 600x300
Saber qual a sua especialidade dentro da costura é o primeiro passo para empreender com sucesso / Foto: Pinterest.

Por mais que pareça contraditório, o fato de você querer atender todos os públicos, vai te fazer perder o foco e se perder no caminho. Por isso é muito importante na hora de empreender escolher um nicho de trabalho.

Comece se perguntando o que mais gosta de fazer. É fazer consertos? É costurar sob medida? É criar mini roupas infantis? Moda íntima? Modinha? Plus size? As possibilidades são infinitas…

Assim que definir isso, você pode começar a decidir as máquinas que precisará, matéria prima, cursos de aperfeiçoamento, espaço necessário e se há necessidade de funcionários. Além de todas as outras coisas de ordem prática.

2. ENCONTRE SEU CLIENTE

Maximus Tecidos Clube da Costureia empreender na costura 600x300
Defina quem será o seu cliente ideal / Foto: Pinterest.

Depois que você souber o nicho que vai trabalhar, chegou a hora de encontrar o seu cliente. E sabe qual a melhor forma de encontrá-lo? É você decidir quem será o seu cliente!

Para isso, você pode criar um cliente ideal, uma única pessoa que será o seu alvo na hora de criar. Por exemplo:

– Que idade terá o meu cliente?

– Será feminino, masculino ou infantil?

– Quanto será o poder aquisitivo desse cliente?

– Ele compra na internet ou em loja física?

– Quais são os seus hobbies?

– Que necessidades eu vou atender com meus produtos?

Depois que esse cliente ideal estiver definido, você vai fazer toda foto, toda propaganda e toda ação focada nessa pessoa. Dessa forma você saberá qual a necessidade desse cliente.

Esse cliente ideal é uma figura simbólica do seu público, mas vai ser ele que vai te dar ferramentas para chegar cada vez mais perto das pessoas que você quer atender com seu produto.

3. NÃO TENHA MEDO DE VALORIZAR SEU TRABALHO

Maximus Tecidos Clube da Costureia empreender na costura 600x300
Antes de esperar que outra pessoa valorize, você precisa valorizar primeiro! / Foto: Pinterest.

Deixa eu te fazer algumas perguntas:

-Você tem dificuldade de dar valor ao seu trabalho?

-Você não sabe cobrar e precificar o seu produto?

-Você tem dificuldade de lidar com o valor do dinheiro?

Possivelmente você é mais uma vítima da frase “eu trabalho por amor”, que está muito ligada a trabalhos manuais.

Essa frase é linda e pode parecer inofensiva à primeira vista, mas ela vem carregada de um peso tão grande, que pode prejudicar quem deseja empreender nesse segmento.

Agora deixa eu explicar:

Tem pessoas envolvidas com trabalhos manuais, que envolvem tanto artesanato quanto corte e costura, que não precisam ou não querem viver financeiramente desse trabalho. Aí essas pessoas usam essa frase como uma forma de parecer “melhor” em relação às pessoas que tem esse empreendimento como uma forma de ganhar o pão de cada dia.

E isso causa duas coisas:

Um – Quem precisa empreender nesse ramo, fica com dificuldade de precificar seus produtos, de cobrar os inadimplentes, de gerar valor para suas habilidades e de se posicionar no mercado de trabalho. Pois fazer isso, faz você parecer um mercenário que não trabalha por amor.

E dois – Os clientes não querem pagar por seu trabalho, menosprezam as suas habilidades, acham que você está sempre se aproveitando, pois afinal de contas, você deveria trabalhar por amor!

Entendam bem, você pode trabalhar por amor, com amor e distribuir amor, isso pode ser o grande diferencial no seu empreendimento! No entanto, também deve valorizar seu trabalho e seus produtos, sem sentir-se mal por isso.

Faça um bom trabalho, valorize seu trabalho, e os outros também o farão!

4. ENCARE CADA PROCESSO COMO UM APRENDIZADO

Maximus Tecidos Clube da Costureia empreender na costura 600x300
“A prática leva a perfeição, e o erro à excelência.” / Foto: Pinterest.

Pode ser, que em algum ponto, você fracasse. Todos os empreendimentos do mundo passam por essa possibilidade.

Algumas pessoas nunca darão o passo em direção ao negócio próprio, por medo do que pode acontecer. Essas pessoas nunca irão fracassar, mas também nunca irão ter sucesso.

Agora, mesmo que seu empreendimento fracasse, use isso como uma escola, use como uma escada, use como uma forma de se fortalecer.

Cada erro cometido é uma nova forma de chegar mais perto do sucesso, depende de como você encarar esse processo.

Maximus Tecidos Clube da Costureia empreender na costura 600x300
Acredite em seu potencial! / Foto: Pinterest.

E por fim, pode contar comigo se precisar de um apoio, comecei a empreender a pouco tempo, mas sempre passo para frente o pouco que já aprendi com todos os tombos e voos livres que já tive. 🙂 


Gostou? Compartilhe com seus amigos!

9
7.1k compartilhadas, 9 points

O que você achou desse post?

Não Gostei Não Gostei
0
Não Gostei
Confuso Confuso
0
Confuso
Engraçado Engraçado
1
Engraçado
Amei Amei
39
Amei
Incrível Incrível
9
Incrível
O Melhor O Melhor
2
O Melhor
Diana Demarchi

Olá, sou Diana Demarchi, e foi entre agulhas e tecidos que descobri uma das minhas grandes paixões, a costura de roupas! Mas foi dividindo o conhecimento que encontrei sentido para todo esse amor. E hoje, de modo autêntico e descontraído, divido meus truques, técnicas, dicas de empreendedorismo e descobertas com pessoas que também querem entender a magia de transformar pedaços de tecidos em peças lindas. Vai ser um grande prazer ter mais esse canal de comunicação com vocês.

7 Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Muito obrigada pelas dicas! Acabei de me mudar e ainda estou muito perdida aqui, procurando um nicho viável. Tenha uma linda semana, pessoas criativas! ?

  2. realmente essa ideia de largar o emprego atual e dedicar a essa paixão tem tomado conta dos meus pensamentos, sejam eles, acordados ou não. ver que não sou só eu, dá um alívio imenso, e uma guinada na esperança, de que é possível que todos os projetos que faço mentalmente, podem sim, se tornar palpáveis. obrigada

  3. Amei a orientação que acabei de ler.
    Tenho muita dificuldade em dar preço ao meu trabalho.
    Trabalho com modinha de blusa.
    Comecei agora.
    Então ñ tenho ainda aquela experiência cm o negócio.
    É por isso essa orientação vinda de vc.
    Me ajudou a repensar na maneira de como agir diante dos clientes.
    Tenho que valorizar o meu trabalho,Mais sempre levando em consideração o poder aquisitivo deles.
    Obrigado por hora.grande abraço a vcs .

Escolha um formato
Postagem
Compartilhe imagens com textos do seu trabalho.
Vídeo
Compartilhe o vídeo do seu trabalho.
Imagem
Compartilhe o recebimento do seu tecido ou suas criações.