Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Como calcular a quantidade de tecido? Veja algumas dicas

Dúvida comum de muitas costureiras, aqui neste artigo você irá saber como calcular a quantidade de tecido para que ele não seja em excesso (às vezes pode até ser bom) e nem insuficiente na hora de você elaborar o seu projeto. 

Passo a passo de como calcular a quantidade de tecido

Primeiramente é preciso observar a altura de seu cliente. Essa medida se faz a partir do ombro. Se o resultado for, por exemplo, 80 centímetros, acrescente mais 10 centímetros à medida. 

É sempre bom ter essa margem, que vai servir para a caída do ombro, bainha e folgas de costura. No caso do comprimento total das mangas, acrescente 5 centímetros a cada medida. Se for de 20 centímetros, resulta-se em 25 no total, portanto.

Conclui-se, então, a quantidade de tecido necessário para uma blusa nessas medições é de 115 centímetros. Correto?

O peso é a próxima questão a ser observada. Em caso de clientes mais “cheinhas”, é importante deixar uma folga maior na questão dos centímetros de tecido por conta da flexibilidade maior da roupa. 

Caso a pessoa queria uma peça de blusa mais justinha, acrescente 1 centímetro a mais no molde traçado. Se ele optar por uma vestimenta mais soltinha, o acréscimo tem que ser maior (nesse caso varia). A famosa folga de flexibilidade ou folga de vestibilidade. 

O recorte também é importante para saber como calcular a quantidade de tecido. Caso haja, haverá economia de tecido. Entretanto, compre a mesma quantidade de como se fosse fazer uma roupa comum. Opte por sobrar ao invés de faltar (um exemplo de caso em que é bom ter em excesso). 

Tudo depende do tipo do seu projeto para saber o quanto de tecido você irá utilizar para fazê-lo. Sempre opte pela “margem de segurança”. Se a costureira ou artesã é iniciante e está na parte de aprendizagem, uma margem maior precisa ser considerada para casos de equívocos nos cortes. Quanto maior a experiência, portanto, menor a sobra de tecido. 

Tecidos em listras e xadrez, por exemplo, requerem uma maior atenção tanto na parte de encaixar as partes da peça, quanto no momento de cortar, pois na hora que ela estiver pronta vai ficar nítido que o trabalho não foi bem feito. 

Na parte de finalização (viés de acabamento) fique atenta em casos de peças arredondadas. Corte-as no viés do tecido e não em seu fio. Nessas situações, você irá usar uma quantidade maior (significativa, diga-se!) de tecido para o projeto. Fique atenta na hora de fazer esses cálculos. 

Existe viés prontos que são indicados para àquelas que estão começando e não têm muita experiência para esse tipo de acabamento.

Não encontro mais o tipo de tecido, e agora?

Fique ligada para que casos assim não aconteçam com você. No momento em que você está produzindo uma peça, você deu conta de que irá faltar tecido. Na tentativa de buscar uma maior quantidade você vai até a loja, mas não encontra aquele tipo que comprou – por não ter mais ou por ter somente outros semelhantes. 

Por isso é de extrema importância que você saiba como calcular a quantidade de tecido para não sofrer apuros como esses. 

Conheça a Maximus Tecidos, a maior loja online do ramo do Brasil! 

Assuntos Relacionados

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cursos relacionados