Como criar uma boa ficha técnica para croquis e moldes


10
10 points

Você possui ou sabe criar uma boa ficha técnica do seu trabalho? Profissionais da moda sob medida como estilistas e modelistas, por exemplo, sempre adicionam uma ficha técnica aos seus croquis ou as suas modelagens.

Geralmente eles fazem a ficha técnica com a sua logomarca, visto que este pequeno detalhe te faz ser lembrado por um bom tempo dentro da empresa.

Se você trabalha como freelancer, este é um bom diferencial e vai te valorizar. Se está dentro de uma empresa, no cabeçalho estará a logomarca da firma.

Para determinar qual o melhor modelo de ficha para construir, poderíamos separar os profissionais da confecção basicamente entre estilistas, modelistas, pilotistas, cronometristas, cortadores, profissionais do acabamento, passadoria, expedição e os funcionários da administração da empresa, os quais precificam os produtos. Cada um teria sua ficha técnica ideal.

Foto: burst.shopify.com/

No entanto, como dentro de uma confecção o trabalho é linear, o ideal é que o estilista tenha uma ficha técnica que atenda também ao modelista e àquela cadeia inicial da linha de produção.

A precificação e todas as outras fichas podem ficar de fora, por serem preenchidas internamente. Estas não passam pelo estilista ou o modelista.

Vou ensinar como fazer uma ficha técnica básica, simples e inteligente e outra ficha de processos, que possam ser usadas pela linha de produção, dentro da rotina da confecção.

Uma peça de roupa se movimenta dentro da empresa por 4 a 8 meses, depende da antecipação das pesquisas de tendências e da vida útil de cada peça confeccionada. Desde a criação do modelo até à venda da última unidade, cada peça tem um caminho próprio a seguir.

Para vender o seu croqui, aconselho criá-lo em um corpo. Geralmente os fabricantes não simpatizam muito com croquis técnicos. Se gosta de colorir, pinte-o, coloque os movimentos, alguns acessórios, etc. Se desenhar bem o rostinho e cabelos, deve desenhar tudo. Isto vai ajudar a encantar o cliente e levá-lo a comprar os seus croquis por instinto, visto que todos amam coisas lindas.

Na ficha técnica é aconselhável colocar somente o desenho técnico. Este é o primeiro item a ser levado em conta.

Vou dar o exemplo do croqui e da ficha técnica que poderia ser anexada a ele:

Este seria o croqui desenhado e vendido por você para o cliente
E esta seria a ficha técnica, que segue junto com o croqui (o preenchimento foi feito com nomes falsos, somente para ilustrar). Em azul estão os espaços que devem ser preenchidos por você. Em vermelho estão espaços onde a empresa preenche. Em verde estão explicações complementares.

No cabeçalho da ficha você coloca a coleção, pode colocar a data, o nome da empresa, teu nome, deixe espaço para o nome da(o) modelista, espaço para o nome da(o) pilotista.

Na sequência, pode descrever o modelo. Não é algo obrigatório, mas coloque se quiser complementar.

Ao lado ou abaixo do desenho, deixe espaço para a cartela de cores e tamanhos que serão confeccionados. Se você for freelancer provavelmente não será quem vai definir as cores do modelo. Somente coloque as cores se estiver trabalhando dentro da empresa, porque, assim, você fará parte da equipe que define os detalhes finais da peça, antes de seguir para o corte. Ou se o cliente te pedir sugestões de cores e te enviar pedacinhos de todos os tecidos que terão modelos criados por você. O ideal é colar pedacinhos do tecido nos espaços.

Agora, abaixo do desenho, coloque os nomes ou imagens dos materiais que serão usados na confecção da roupa. Cole pedacinhos, quando forem tecidos ou fitas e coloque a composição e quantidade. Deixe um espaço para colocar o nome do fornecedor.

Você pode ou não colocar uma seção de custos do produto e preço final. Isto é operacional, algumas empresas não vão querer colocar seus custos na ficha técnica, então deixe um espaço em branco na ficha.

Por fim, como é algo operacional, pode ou não acrescentar a sequência de montagem da peça no verso da página ou em uma folha separada. Ou pode deixar para o modelista ou encarregado(a) criar e preencher esta outra ficha. Se for enviar a peça para faccionista, esta é a área onde ela será mencionada, juntamente com o valor da facção.

Vou colocar aqui um exemplo da ficha de processos:

Ficha de processos

Espero que este singelo texto seja útil para você de alguma forma. Hoje em dia não é raro empresas solicitarem de modelistas ou estilistas o croqui ou molde juntamente com a ficha técnica. Isto reduz em muito o trabalho dentro da confecção.

Se desejar imprimir estas fichas em branco para poder utilizar, é só preencher este formulário e receber o link para baixá-las: CLIQUE AQUI!

Por isto, anexar a ficha ao teu trabalho vai te valorizar muito perante o cliente. Se restarem dúvidas é só perguntar.

Beijos e um bom trabalho a todos(as)!
Antonia Ferreira


Gostou? Compartilhe com seus amigos!

10
10 points

O que você achou desse post?

Não Gostei Não Gostei
0
Não Gostei
Confuso Confuso
1
Confuso
Engraçado Engraçado
0
Engraçado
Amei Amei
48
Amei
Incrível Incrível
5
Incrível
O Melhor O Melhor
2
O Melhor
Antonia Ferreira

Antonia Ferreira é Designer de Moda, criadora dos Grupos MODELAGEM e ESTILISTAS, no Facebook. Autora dos livros MODELAGEM FEMININO ADULTO e MODELAGEM MASCULINO ADULTO. Editora das revistas de Moldes Colecionáveis ANTONIA FERREIRA.

2 Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escolha um formato
Postagem
Compartilhe imagens com textos do seu trabalho.
Vídeo
Compartilhe o vídeo do seu trabalho.
Imagem
Compartilhe o recebimento do seu tecido ou suas criações.