Conheça os 4 tipos de rendas: chantilly, tule bordado, guipir e rendinhas


5
2.6k compartilhadas, 5 points

Oi, gente! Pra quem ainda não me conhece, meu nome é Camila Nishida e hoje nós vamos falar sobre rendas. Esse elemento clássico do universo dos tecidos que é cheio de sofisticação e elegância. Vamos falar sobre os principais tipos de renda e como escolher a renda ideal pra cada peça!

Se preferir, você pode acompanhar esse post aqui por este vídeo: dá o play!

4 PRINCIPAIS TIPOS DE RENDAS

Para começar, renda é todo tecido que forma um desenho com entrelaçamento de fios. Então tule bordado é renda, guipir é renda, e até crochê é renda. Eu separei pra falar sobre 4 tipos de renda que são as principais utilizadas na moda festa e casual: renda chantilly, tule bordado, guipir e renda com elastano

1. RENDA CHANTILLY

A renda chantilly é um clássico das rendas e na minha opinião é uma das mais românticas, porque ela é delicada, leve e com desenhos sempre florais. Até o nome combina com toda essa delicadeza, né? Esse nome é porque ela começou a ser fabricada na cidade de Chantilly, na França, pelos chamados “rendeiros” da época. Reza a lenda, que as primeiras rendas chantilly na verdade foram fabricadas como uma espécie de echarpe, e na cor preta, para ser usada nos momentos de luto, sobre o rosto das mulheres.

Tecido renda chantilly paetizada off white da Maximus Tecidos. 

Essa renda também é conhecida apenas como renda francesa e é geralmente a mais cara de todas rendas. E por quê? Porque ela é toda fabricada à mão com fios de seda. Não tem brilho, é muito macia e não tem nenhum arremate aparente na extensão do tecido. O valor? Eu nem saberia dizer. Esse não é o tipo de tecido acessível que a gente encontra para comprar. As grifes de vestido de noiva que trabalham com a renda francesa geralmente tem seus próprios rendeiros, que fazem os desenhos exclusivos para as coleções. 

Ta, Camila, mas então o que é a renda chantillly que a gente tanto ouve falar? A nossa renda chantilly, nada mais é do que uma versão sintética da renda chantilly francesa original, geralmente de poliamida ou poliester. Os desenhos, os detalhes são praticamente idênticos, mas é claro que a matéria prima não é a mesma. E é aí que o valor vai variar, podendo ir de um valor relativamente baixo, até um valor médio pra alto por metro. Isso porque algumas tem um fio mais rígido, com brilho, outras são super macias, com caimento ótimo e fio opaco.

Hoje, essa renda linda existe em todas cores, mas o mais comum é vermos ela nos vestidos de noiva. É uma renda leve, sem muita estrutura e da um ar super delicado e romântico. Uma característica bem marcante da renda chantilly é a franjinha que geralmente ta presente. Não é uma regra, mas é bem comum vermos em detalhes como a manga ou o decote

Tecido renda chantilly preto da Maximus Tecidos.
Tecido renda chantilly rosê da Maximus Tecidos.

E claro, não é só em vestidos de noiva que ela fica ótima. Nas opções coloridas, elas ficam maravilhosas para vestidos de festa, desde o longo ao tubinho curto mais curto. E em peças mais casuais também!

Foto: reprodução Pinterest.
Foto: reprodução Pinterest.
Foto: reprodução Pinterest.
Foto: reprodução Pinterest.
Foto: reprodução Pinterest.
Foto: reprodução Pinterest.
Confira todas as opções renda chantilly no site da Maximus Tecidos aqui!

2. TULE BORDADO

O tule bordado nada mais é que um tule bordado. São desenhos bordados com fios normalmente de poliéster ou poliamida, sobre uma base de tule. E daí os desenhos variam entre flores, arabescos, formas geométricas.. Esse é o tipo de renda para se trabalhar com recorte e aplicação, que nada mais é que literalmente recortar desenho por desenho e aplicar sobre um tule.

Tecido renda bordada pedraria branca da Maximus Tecidos.
Tecido renda tule bordado rosa bebê fio dourado da Maximus Tecidos.

E aqui gente, eu quero falar uma coisa pra vocês: por mais que esse tipo de tule bordado seja o mais intuitivo para recortar e aplicar, não fiquem presas a eles. Abram a mente e deixem a criatividade rolar solta. Tem tules bordados maravilhosos com desenhos únicos e inteiriços que permitem a gente trabalhar com recorte e aplicação.

Uma pergunta muito frequente quando a gente fala sobre tule bordado, renda de modo geral é: por quê o preço varia TANTO? Por quê tem rendas que custam R$150,00 o metro e outras que custam R$650,00? E aqui, se você já me acompanha há algum tempo acho que já sabe o que eu vou responder: por causa da matéria prima. O tipo de fio, a quantidade de fio usada pra preencher o desenho, a qualidade do tule de base, os acabamentos, se tem ou não pedraria, o tipo de pedraria.. São vários elementos que influenciam diretamente no valor.

Então falando do bordado, quanto mais macio ele for, menos brilho ele vai ter e mais qualidade tem a procedência dessa linha. Já quando o fio do bordado é muito brilhoso, tem o toque mais seco, com mais textura. E é claro né: quantidade! Quanto mais linha é usada pra preencher um desenho, mais evidente, mais encorpado, mais presente ele fica no tule e consequentemente, mais cara! 

A qualidade desse tule de base também é um elemento importantíssimo pra gente analisar. Quanto mais encorpado ele for, mais tempo útil tem essa renda. Quando o tule é muito molinho e estica demais, existe grandes chances dele ceder ou até mesmo rasgar. 

Outra coisa, naturalmente um tule bordado com aplicação de pedrarias vai ter um valor mais agregado. E o tipo de pedra influencia muito também! Então uma renda com vidrilho geralmente é mais valorizada que uma com miçanga porque brilha mais, porque da um ar mais “glam”. Se for um bordado em paetê, ele pode ser fosco com um ar mais plástico sabe? Ou pode ser um material metalizado que agrega mais valor.

Tecido renda bordada azul claro da Maximus Tecidos.

Entendem que por mais que as rendas pareçam todas iguais, na verdade tem muita coisa que diferencia uma da outra. Essas diferenças muitas vezes são sutis e pode até parecerem bobas falando assim, mas o resultado final de um vestido feito com uma renda fina e de alta qualidade jamais pode ser comparado ao de uma renda simplesinha.

Foto: reprodução Pinterest.
Foto: reprodução Pinterest.
Foto: reprodução Pinterest.
Foto: reprodução Pinterest.
Foto: reprodução Pinterest.
Confira todas as opções renda tule bordado no site da Maximus Tecidos aqui!

3. GUIPIR

Tá aqui uma renda versátil! O guipir ele transita super bem em praticamente todos os setores, desde a moda festa e casual até cama, mesa e banho. Mas vamos focar nas roupas! O guipir é uma renda de fundo vazado, feita com fios mais pesados que marcam bem os desenhos, e é a mais encorpada de todas as rendas.

Tecido renda guipir verde água neblina da Maximus Tecidos
Tecido guipir pink virtual da Maximus Tecidos

A gente vê ele muito na moda casual, em blusas, camisas, saias, vestidos, macacão, macaquinho… Enfim! Combina muito com peças de verão! E claro, na moda festa né? Ele dá todo um charme pro vestido. Já na moda noiva, justamente por ter essa característica mais pesada, encorpada, alguns modelos carregam o guipir melhor que outros, por exemplo: ele vai muito bem em vestidos bohos, que geralmente são usado em casamentos ao livre ou num modelo não muito tradicional, tipo um midi?

O guipir não é o tipo de renda mais adequada pra fazer recorte e aplicação, geralmente ele é usado inteiriço mesmo nas peças.

Foto: reprodução Pinterest.
Foto: reprodução Pinterest.
Foto: reprodução Pinterest.
Foto: reprodução Pinterest.
Foto: reprodução Pinterest.
Confira todas as opções guipir no site da Maximus Tecidos aqui!

4. RENDAS COM ELASTANO

Agora as rendas com elastano, nossas famosas “rendinhas”. Essa geralmente é a renda mais em conta comparadas as outras e também é a mais simples em termos de fio e caimento. Mais simples não significa menos bonita, ta? Podemos fazer vestidos bem maravilhosos, e ela também tem um ar bem romântico porque geralmente é desenhada com flores. 

Tecido renda mangenta da Maximus Tecidos.
Tecido renda cordonê bege da Maximus Tecidos.
Tecido renda verde tifany da Maximus Tecidos.

O único cuidado que temos que tomar na hora de trabalhar com esse tipo de renda, é que nem sempre o fio dela é de qualidade e é por isso que muitas vezes ela tem o preço tão em conta! É super comum a gente ver essa rendinha com bastante elastano, que com pouquíssimo tempo de uso começa despontar elástico pra todo lado. Isso é porque ela não é de um material de qualidade e se você optar por ela pelo preço, vai com certeza se arrepender depois. É o famoso barato que sai caro, não adianta. E não tem nada mais deselegante que você usar um vestido ou uma blusa com um monte de fiozinho de elástico saltando pra fora.

Mas calma, gente! É claro que não é só porque a rendinha tem elastano que ela vai despontar os elásticos, isso também tem a ver com a qualidade da matéria prima. Tem rendas maravilhosas com elastano, em que os fios não arrebentam já que a trama é fechada e o fio é de qualidade. 

Foto: reprodução Pinterest.
Foto: reprodução Pinterest.
Foto: reprodução Pinterest.
Foto: reprodução Pinterest.
Confira todas as opções rendas com elastano no site da Maximus Tecidos aqui!

Então esses foram os 4 tipos de rendas que eu selecionei para falar para vocês. Mas antes de finalizar esse post, quero te dar um último recadinho!

Uma pergunta que a gente recebe muito no site é: essa renda tem elastano?

As pessoas têm certo medo de usar uma renda que não tenha elasticidade para não perder a liberdade dos movimentos do corpo quando o vestido é mais justo. Mas a verdade é que não é a renda por si só que define isso, é o forro, tecido que você escolhe para usar por baixo dela e óbvio, o corte e a modelagem do vestido.

Então não tenha receio de usar uma renda que não tem muito elastano para fazer um modelo tubinho ou um modelo sereia. Se você escolher todos os elementos corretamente, seu vestido com certeza vai ficar maravilhoso!

Se você gostou deste post, comenta aqui e também deixa a sua sugestão de tecido para o próximo post.

Me siga nas redes sociais: meu Instagram é @caminishida.

Um beijo!


Gostou? Compartilhe com seus amigos!

5
2.6k compartilhadas, 5 points

O que você achou desse post?

Não Gostei Não Gostei
0
Não Gostei
Confuso Confuso
0
Confuso
Engraçado Engraçado
1
Engraçado
Amei Amei
3
Amei
Incrível Incrível
0
Incrível
O Melhor O Melhor
0
O Melhor
Camila Nishida

Oi gente! Aqui quem fala é a Camila Nishida, apaixonada por moda, estilos e tendências que mantém a nossa identidade. Sou apresentadora do Canal da Maximus Tecidos Finos no YouTube, onde busco trazer a essência de cada tecido de um jeito único para que você aprenda cada vez mais sobre o universo têxtil. Psicóloga de formação, tive meu coraçãozinho arrebatado pelo Junior e pelo mundo da moda!

Um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. puxa vida ,amo esses tecidos de renda eu compro sempre porque recorto para colocar nos vestidos ficam perfeito ,e esses sao maravilhosos nota mil …parabens

Escolha um formato
Postagem
Compartilhe imagens com textos do seu trabalho.
Vídeo
Compartilhe o vídeo do seu trabalho.
Imagem
Compartilhe o recebimento do seu tecido ou suas criações.