Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Aplicando técnicas para criar o degradê e o ponto folha

O degradê e o ponto folha é comumente utilizado para o preenchimento de folhas (como o próprio nome já sugere) ou de pequenos espaços abertos em outras áreas, no bordado livre.

Já o degradê é excelente para dar efeitos em coisas estáticas, como telhado, grama, folhas… Fica sob a criatividade do costureiro ou costureira. Pode ser feito tanto com linhas matizes, ou com miçangas.

São duas técnicas simples, que trarão movimento e modernidade ao seu trabalho.

Aqui na Maximus você ficará sabendo como criar o degradê e o ponto folha, para aplicá-las em proveito próprio, ou para seu empreendimento. E ainda poderá encontrar na Maximus Escola de Moda, diversos outros cursos do seu interesse.

Técnicas de como criar o degradê e o ponto folha

Existem algumas opções de como fazer o degradê e o ponto folha, mas como dito anteriormente, vai ficar a critério do costureiro ou costureira. Temos a opção do ponto folha feito com linhas matizadas e com linhas convencionais, o degradê feito com ponto longo – ponto curto e com miçangas.

Primeiro vamos ao passo a passo de como fazer o degradê feito com ponto longo – ponto curto.

Passo 1: Deve ser feita uma base com linhas verticais, para se ter noção do tamanho e ter também uma noção de direção do degradê a ser aplicado. Quanto mais cores forem escolhidas, mais delicado o degradê ficará.

Passo 2: A primeira camada começa com um ponto longo e um ponto curto, e assim vai até o final da base. Já com a linha de outra cor, a segunda camada deve ser feita com os pontos longos, para ir cobrindo os espaços deixados pela primeira.

Passo 3: Deve continuar preenchendo os espaços com pontos longos, até ir chegando ao final do desenho. Nessa fase só será possível aplicar os pontos curtos, para a finalização do degradê.

Observação: O degradê feito com miçangas, é um pouco mais simples. Basta ir bordando por cima do desenho desejado, começando com as miçangas mais escuras e finalizando com as mais claras.

Agora veremos o passo a passo do ponto folha.

Passo 1: Deve ser feito um desenho de folha no tecido para se ter uma base. A partir daí, o primeiro ponto a ser feito, é na parte de cima da folha. Esse ponto vertical deve sair de um pouco mais da metade do que vem a ser o caule, até o topo.

Passo 2: A partir deste ponto vertical, deve ser feito pontos diagonais. Um para cada lado, e vai repetindo este processo até finalizar a folha.

Observação: O uso da linha matizada, acaba trazendo mais cores e mostrando mais a delicadeza do trabalho. 

Ainda temos a opção de criar o degradê no ponto folha

Como já foi explicado anteriormente, os passos do degradê e o ponto folha, agora fica mais fácil criar essa arte.

Passo 1: Feito o desenho da folha de base, a linha que deve começar a ser utilizada é a linha mais clara. Pois o ponto folha começa do topo da folha, até a parte final.

Passo 2: Assim que as camadas forem surgindo, as linhas devem ser trocadas por cores mais escuras. Repetindo sempre o processo dos pontos diagonais, até chegar a sua base já com a cor mais escura, finalizando o trabalho.

O resultado é uma folha perfeita, com uma sensação de movimento.

Sempre vale a pena lembrar que, quanto melhor for o material, melhor será o resultado final. No curso Arte do Bordado à Mão você aprenderá a criar o degradê e o ponto folha. E na Maximus Escola de Moda você encontrará diversos cursos para  aprender ou se aperfeiçoar nessa ou em demais técnicas.

Assuntos Relacionados

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *