Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

O que é melhor, viscose ou poliéster?

Pode até não ser uma dúvida muito comum, quem já tem experiência na área ou até quem esteja começando no mundo da costura, pode aparecer com este questionamento. Afinal de contas, qual tecido é o melhor? Viscose ou poliéster?

Antes de uma definição específica de cada material, é preciso entender como os tecidos são feitos, suas matérias primas e também, como são utilizados e em quais peças cada um cai melhor.

A seguir, falaremos um pouco de cada um dos materiais. E desde já, indico para você, caro leitor(a), que faça uma visita ao site da Maximus Tecidos. Lá você poderá encontrar uma grande variedade de tecidos, sendo viscose ou poliéster, opções não faltarão.

Viscose

A viscose não é um tecido feito de matérias primas totalmente naturais, este tecido é uma mescla de materiais sintéticos e naturais. Mesmo que de cara aparente ser um tecido com valor expressivo, a viscose se destaca pelo seu baixo custo.

É um material que aceita bem o emprego de coloração, e junto a isso, possui um bom nível de brilho o que acentua a tonalidade das cores.

Uma desvantagem, que pode gerar certo incômodo para quem não é adepto ao ferro de passar, é que a viscose amassa muito facilmente. Na contramão disso, este tecido possui um ótimo caimento, é bem macio. O que possibilita que a pele de quem está usando a peça, respire muito bem.

Poliéster

O poliéster é um dos principais componentes dos tecidos sintéticos. Seja ele o tafetá, a helanca, o tecido PP, o chiffon e gazar, o poliéster está presente com alta porcentagem na composição destes tecidos.

Tecidos com alta taxa de poliéster não costumam amassar com facilidade, mas, caso precise, é preciso utilizar o ferro de passar em baixas temperaturas para que a peça não seja danificada.

As peças produzidas com poliéster possuem uma alta durabilidade, retém bastante a cor, é resistente ao encolhimento, secam com facilidade e são bem práticas. Sendo uma ótima opção para confecção de peças de moda praia, fitness e moda íntima.

A dúvida a respeito da viscose ou poliéster, qual tecido é o melhor ou não, vai depender da peça a ser feita. Caso seja uma roupa para atividades físicas, claramente o poliéster sairá melhor. Se for uma roupa mais casual, a melhor opção será a viscose.

Produção dos tecidos

Todo o processo de produção dos tecidos, pode variar muito de acordo com sua matéria prima. Seja ele viscose ou poliéster, um certamente terá o processo bem diferente do outro.

O processo de fabricação da viscose, consiste em colher a matéria prima(pode ser celulose ou bambu), essa matéria prima passa por um tratamento químico e de hidrapolpagem. Após muitos processos, o material é triturado e envelhecido, passa por um processo de xantação e desgaseificação. E para finalizar, passa pelo processo de fiação e alongamento.

Já o poliéster, é fruto de uma fibra sintética. Que é produzida através do etileno, que é um polímero termoplástico que vem do petróleo. Para chegar ao resultado final, esse material passa pelo processo de polimerização.

Atualmente ele é misturado com algumas fibras naturais, para dar maior maciez e leveza.

Considerações Finais

Com seus benefícios e utilidades apresentados, cabe ao profissional e ao consumidor escolher qual dos materiais mais satisfazem as suas necessidades, seja ele viscose ou poliéster.

Seja qual for a sua escolha, viscose ou poliéster, o importante é o custo-benefício e saber qual tecido é melhor para cada ocasião. E falando em custo-benefício, no site da Maximus Tecidos você poderá encontrar uma infinidade de tecidos para todas as ocasiões. Além de poder contar com a Maximus Escola de Moda Online, para reforçar as técnicas e aprender novas. Esperamos por vocês!

Assuntos Relacionados

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cursos relacionados