A moda na Semana de Alta-Costura


3
3 pontos

A semana de Alta-costura é um momento de liberdade para os diretores criativos das Casas de Moda parisiense mais luxuosas do mundo exporem seus sentimentos e ideias mais criativas e ousadas. Os melhores desfiles são aqueles mais teatrais, onde há uma história a ser contada ou tem um conceito.

Duas vezes ao ano, durante uma semana temos desfiles de encherem os olhos. A criatividade é expressa em plumas, paetês, maxi bordados em pedrarias, penas falsas e tecidos como o tweed, cashmere, seda pura e até mesmo tecidos em borracha – Sim, borracha.

A Balenciaga, uma das casas de moda mais renomadas, apresentou alguns looks em borracha na semana de alta-costura deste ano.

Fonte: Foto divulgação, Balenciaga (Look 1 e 2) e Jean Paul Gaultier (Look 3), alta-costura outono 2022

Além do conceito de cada coleção, a diversidade de matérias primas utilizadas e todo o show apresentado podem causar um olhar com pré-conceitos e até mesmo espanto para aqueles mais leigos neste universo tão complexo.

A moda é provocativa, desafiadora e significativa. Vale lembrar que a alta-costura é também um escapismo, um momento de sair da bolha e abrir a mente a novas propostas.

Maximus Tecidos alta-costura Clube da Costureira 600x300
Fonte: Vogue Runaway, Maison Margiela, Schiaparelli e Iris Van Herpen alta-costura outono 2022

Também é importante lembrar que a alta-costura não é o que veremos nas ruas. São inspirações e tendências que podemos absorver e traduzir para o nosso dia-a-dia.

Sinônimo de exclusividade, estas criações estarão disponíveis para uso apenas para um pequena parcela da população mundial, clientes de alto escalão. A customização desses modelos são elaborados de acordo com as medidas do cliente. O cliente vai até o atelier da Maison com hora marcada para experimentar e encomendar os looks que deseja comprar.

POR TRÁS DO SHOW DA  ALTA COSTURA:

Alta-costura só existe em Paris. As marcas que fazem alta-costura são membras fixas ou convidadas da Federação de Alta costura e da Moda, uma instituição histórica dirigente da moda francesa. Ao todo, hoje tem 15 Maison. Dentre as mais famosas estão Schiaparelli, Dior, Givenchy, Alexandre Vauthier e outros.

Anualmente, a Chambre Syndicale de la Couture reconhece as marcas autorizadas a utilizar o termo alta costura.

Na alta-costura, o diretor criativo de cada Maison junto a sua equipe, precisam desenvolver uma coleção de ao menos 25 modelos exclusivos e inovadores jamais criados antes. Dentre outros requisitos, cada Maison precisa seguir as seguintes regras para aderir o termo “alta-costura”:

– Ao menos 70% das roupas precisam ser feitas à mão, sob medida. Nada de máquinas de corte e costura;

– Após a compra das peças, o cliente pode solicitar mudanças na peça apresentada no desfile, como alterar a cor, tamanho e adornos;

– Além das celebridades, a grande maioria das clientes de alta-costura são mulheres asiáticas, magnatas chinesas, coreanas, árabes e russas;

– Um mesmo look da alta-costura não pode ser vendido para duas ou mais clientes que residem na mesma cidade ou pertencem ao mesmo ciclo social, ou mesmo, continente!

– As coleções precisam apresentar looks diurnos e noturnos. É comum, os desfiles iniciarem o show com looks casuais e encerrarem com looks moda festa;

– A Maison deve ter um atelier para os vestidos, separado do ateliê de alfaiataria;

– O ateliê deve empregar no mínimo 20 pessoas.

Maximus Tecidos alta-costura Clube da Costureira 600x300
Fonte: Dior via Instagram, pré-outono 2022

Todos nós que trabalhamos com moda sabemos que grande parte do resto do mundo pensa que o que fazemos é bobagem e todos nós argumentamos o contrário, mesmo concordando que a moda às vezes é boba (às vezes)! Mas também é provocativa, desafiadora, desafiadora e significativa. Com momentos de tirar o fôlego.

Moda é muito mais além do que vemos através dos olhos. Atualmente, a moda é mais do que nunca um reflexo do nosso contexto social. Contexto que hoje engloba a política, desastres climáticos, guerra e as desigualdades entre pessoas de diferentes raças e gêneros.

A INVAÇÃO ATEMPORAL DA  ALTA COSTURA:

Pós pandemia muitos designers buscaram como forma de expressar a liberdade; o uso de cores. Neste quesito, o destaque vai para a Valentino, maison dirigida atualmente pelo magnifico Pierpaolo Piccioli. Seu trabalho na Maison, rendeu o título de um dos melhores coloristas contemporâneo.

Quem trabalha com coloração, sabe o poder das cores no dia-a-dia e a personalidade que cada uma confere em quem a usa.

Uma das coleções mais recentes, foi a coleção outono 2022 – Pink PP. Coleção em que junto ao instituto Pantone, ele desenvolveu seu próprio código Pantone.

Maximus Tecidos alta-costura Clube da Costureira 600x300
Fonte: Vogue Runaway, Valentino alta-costura outono 2022

Cores, volumes, silhuetas, caimentos, acessórios e tudo que podemos utilizar ou vestir. A alta-costura nos impacta com o novo.

Moda está constantemente em movimento, seja em direção ao passado ou ao futuro, é constante. Precisamos estar atentos e dispostos a inovar sempre.

“Meu trabalho não é somente de executar, mas sobretudo, de inventar. A criação é o segredo do meu sucesso” – Charles Frédéric WORTH.

Saiba por que nem toda Tendência vira Moda: leia aqui!


Gostou? Compartilhe com seus amigos!

3
3 pontos

O que você achou?

Não Gostei Não Gostei
0
Não Gostei
Confuso Confuso
0
Confuso
Engraçado Engraçado
0
Engraçado
Amei Amei
6
Amei
Incrível Incrível
13
Incrível
O Melhor O Melhor
6
O Melhor
Elton Oliveira

Prazer, me chamo Elton! Sou estudante e amante de design de moda. Vivo, respiro e trabalho com moda. Na função de consultor de moda, auxílio clientes da Maximus Tecidos - maior loja online de tecidos do Brasil - a encontrarem os melhores tecidos para os momentos mais icônicos.

0 Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.