Aprenda usar tecidos diferentes (não só algodão) na costura infantil


1
3 compartilhadas, 1 point

Olá! Eu sou a Karina e este é meu primeiro post aqui 🙂  Tenho um ateliê de modelagem onde produzo moldes e tutoriais para costura de peças infantis, e hoje vou falar sobre isso: costura para os pequenos.

Normalmente quando pensamos em costurar para crianças o primeiro tecido que vem à mente é a tricoline, certo? Fácil de costurar e com muita variedade de estampas, ela parece ser sempre a primeira opção. Eu pessoalmente amo a tricoline, mas ultimamente tenho me aventurado a buscar novas opções para as peças infantis e posso dizer: existe um mundo gigantesco de opções além dos algodões. Viscose, linho, crepe, musseline, tule, lurex… E mesmo nas estampas mais “adultas”, se você usar as modelagens e aviamentos corretos consegue manter o ar infantil das roupinhas.

Maximus Tecidos Clube da Costureira costura 600x300Maximus Tecidos Clube da Costureira costura 600x300

Em parceria com a Maximus Tecidos desenvolvi um eBook gratuito com um projeto muito especial, perfeito para usar tecidos de festa e que foi um enorme sucesso com as minhas “modelos de teste” (filhas hahaha): um conjunto de saia e blusa de alcinha.

A saia é em tule de poá (super tendência para este final de ano, assim como as transparências). Com forro em malha segunda pele e comprimento midi, tem ainda o cós com elástico, mantendo o conforto para elas. O projeto é muito simples e os moldes são todos retângulos – todas as medidas estão no tutorial, para os tamanhos de 3 a 10 anos. Dá para ajustar o comprimento e também a quantidade de franzido, deixando mais ou menos rodada.

Maximus Tecidos Clube da Costureira costura 600x300

Você não precisa usar somente o tule: pode substituir por qualquer tecido leve (como musseline, por exemplo). Dependendo da escolha dos tecidos você costura uma saia que vai das fantasias de carnaval às festas.

Para esta peça escolhi o tule poá da Maximus Tecidos e para o forro a malha de helanca segunda pele da Maximus Tecidos.

Maximus Tecidos Clube da Costureira costura 600x300Maximus Tecidos Clube da Costureira costura 600x300

Para acompanhar a saia desenvolvi uma modelagem também bem simples e rápida, mas de muito efeito: uma blusa regata de alcinhas.

Maximus Tecidos Clube da Costureira costura 600x300

O tecido que escolhi foi o seda pluma da Maximus Tecidos, que é extremamente leve, uma delicia de se trabalhar. Consegui o efeito que queria, uma peça bem fluida e soltinha. O acabamento externo foi todo feito com viés de cetim comprado já pronto para aplicar, o que agilizou muito a costura. A regata tem o fechamento com amarração das alças, então você não vai nem precisar se preocupar com botões ou zíperes: blusa soltinha de amarrar, fácil de vestir.

Maximus Tecidos Clube da Costureira costura 600x300

Confira todos os tecidos da Maximus Tecidos aqui!

Você consegue costurar esta blusinha em praticamente qualquer tecido. Imagine como ficaria lindo em uma malha fina de paetês? Ou em viscose para o dia a dia?

Maximus Tecidos Clube da Costureira costura 600x300

O eBook com moldes e tutoriais está disponível para download aqui!

Maximus Tecidos Clube da Costureira costura 600x300

No ebook (arquivo em PDF) você terá o tutorial completo e ilustrado para as duas peças e os moldes da regata prontinhos para imprimir em casa, nos tamanhos de 3 a 10 anos.

Um projeto que fica pronto rapidinho para qualquer festinha, que tal? É só escolher o tecido na Maximus e baixar o eBook!

Espero que gostem de costurar comigo. Beijos e até a próxima!

Veja mais moldes e tutoriais infantis aqui!

Karina Sampaio – Costurinha

@costurinhamodelagem


Gostou? Compartilhe com seus amigos!

1
3 compartilhadas, 1 point

O que você achou desse post?

Não Gostei Não Gostei
0
Não Gostei
Confuso Confuso
1
Confuso
Engraçado Engraçado
0
Engraçado
Amei Amei
2
Amei
Incrível Incrível
0
Incrível
O Melhor O Melhor
0
O Melhor
Karina Sampaio

Oi, eu sou a Karina. Como muitas, meu primeiro contato com a costura foi na infância através de minha mãe e avós. Os trabalhos manuais em minha família sempre foram celebrados com prazer e não eram limitados somente ao universo de “deveres e fazeres” femininos, mas sim uma expressão de autossuficiência. Me formei em arquitetura, mas deixei minha profissão bem cedo para trabalhar com confecção. No começo bolsas e acessórios, depois vestuário infantil. Mas foi com o nascimento de minha filha (janeiro de 2012) que tudo mudou de tom. Com uma vontade imensa de costurar para ela, e na quase ausência de publicações nacionais de moldes infantis, comecei a desenvolver modelagens e produzir as pequenas peças. Tudo tinha que ser bem simples e fácil de fazer, pois o tempo disponível eram as horas da soneca dela. Ela foi crescendo, eu continuei costurando e comecei a escrever e desenhar tutoriais sobre o processo da confecção das peças. Assim nasceu a costurinha. Acesse meu site: http://costurinha.com.br @costurinhamodelagem

Um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escolha um formato
Postagem
Compartilhe imagens com textos do seu trabalho.
Vídeo
Compartilhe o vídeo do seu trabalho.
Imagem
Compartilhe o recebimento do seu tecido ou suas criações.